Participe do grupo CEPCoS e compartilhe experiências com pessoas de todo o Brasil.
Visitar este grupo

Blog

  • Postado por cepcos

    As minhas, as suas, as nossas sexualidades . Data: 07/06/14 Horário: 9h as 13h Auditório Montreal Offices Moema – Av. Rouxinol, 1041 – São Paulo Programa Abertura – Psic. Esp. Ralmer Nochimówski Rigoletto Conferência: Diversidade Sexual: Direitos, Preconceitos e Discriminação Prof. Dr. Hugues Costa de França Ribeiro Mesa Redonda: Minhas Sexualidades Mulher Bonita e Sarada Tem […]

  • Postado por cepcos

    Com muita frequência, no meu consultório, quando os pacientes chegam procurando a terapia sexual, para resolver alguma dificuldade na área da sexualidade (baixo desejo, disfunção erétil, dificuldade em ter orgasmos, ejaculação rápida, etc), nada de excepcional aconteceu em seu dia-a-dia na cama, e comumente não conseguem identificar o que poderia ter causado “o seu grande […]

  • Postado por cepcos

    No dia 27 de novembro, no Brasil, tivemos o lançamento oficial do aplicativo “Lulu”. Desde esta data, o aplicativo “deu o que falar”. Ele já foi baixado mais de 100 mil vezes na loja Google Play, para aplicativos Android, é o campeão de downloads gratuitos na Apple Store e já tem mais de 500 mil […]

  • Postado por cepcos

    O sexo, há algumas décadas, era algo ligado estritamente ao fórum íntimo/privado. Qualquer expressão pública de afeto era reprimida, o pudor era elevado. A sexualidade mudou! Esta constatação não é novidade para ninguém, temos visto e vivido diariamente essas transformações. Muitos devem estar pensando neste exato momento: “mudou para muito pior”. Fato é que muitas […]

  • Postado por cepcos

    Parece que cada vez mais as pessoas estão aumentando o número de rotulações para contatos afetivos. Um dia desses, dando aula para uma turma de jovens, eles me ensinaram mais uma “fase” para os relacionamentos: o “pegar”. A terminologia não é nova, muitas vezes era usado de forma mais vulgar, principalmente pelos homens, para se […]

  • Postado por cepcos

    Aproveitando o tema “Amor na terceira idade” sobre o qual eu irei falar no programa Show Mais, no canal TV Mais (14 na Net) na próxima terça-feira 29/10, resolvi falar hoje sobre a sexualidade nesta fase da vida. Muitos preconceitos e mitos ainda pairam sobre a sexualidade na terceira idade. Não sou adepta ao termo […]

  • Postado por cepcos

    Algumas definições do dicionário dizem que as preliminares são: que precede a matéria principal e serve para esclarecê-la; condição prévia. De fato, no dia a dia dos casais, é desta maneira que as preliminares são vistas. Porém, esta visão é um tanto quanto simplista, pois vê as preliminares apenas como algo que antecede o ato […]

  • Postado por cepcos

    O título desta publicação é inspirado em falas frequentes que ouço no consultório. Prioritariamente de mulheres, mas não apenas. Essa fala vem de pessoas solteiras, separadas, divorciadas, viúvas, “tico tico no fubá”, enroladas, de faixas etárias diferentes, e com experiências anteriores muito diversas. Quase sempre com um ar de tristeza, ressentimento, desesperança e solidão. Claro […]

  • Postado por cepcos

    Esta publicação foi inspirada na entrevista que dei para o site Tempo de Mulher, da jornalista Ana Paula Padrão, sobre um assunto muito interessante: a pornografia nos relacionamentos. Materiais pornográficos são estímulos sexuais explícitos, geralmente visuais, que as pessoas e casais utilizam com a finalidade de se excitar. Muito preconceito ainda paira sobre a pornografia, […]

  • Postado por cepcos

    Não me deterei aqui a descrever as doenças, mas quero conversar sobre algumas questões que são importantes sabermos para nos prevenirmos adequadamente. As doenças sexualmente transmissíveis (DST’s) são doenças transmitidas através de contatos sexuais, em relações que envolvam pênis, vagina, boca e ânus. Desta maneira, o sexo vaginal, sexo oral ou sexo anal podem transmitir […]

  • Postado por cepcos

    Existem vários tipos de beijos, como beijos de cumprimento, de despedida, entre amigos, familiares, mas focarei aqui o beijo na boca, entre casais. Ele é uma das formas mais conhecidas de demonstração de afeto, carinho, prazer e tesão. Um dos motivos para que isso aconteça é que o tato labial é extremamente sensível, sendo ainda […]

  • Postado por cepcos

    Os acessórios sexuais são uma forma de estimular nossos sentidos, o corpo, a relação. Para comprar esses brinquedos, além dos sex shops com lojas físicas, hoje temos as lojas virtuais, que auxiliam as pessoas que ainda tem vergonha ou são mais reservadas com relação a este tema. A maioria das pessoas quando pensa em brinquedos […]

  • Postado por cepcos

    Muitas pessoas ainda tem um forte preconceito contra acessórios pessoais. A ideia aqui, hoje, é desmistifica-los. Você já utilizou algum desses acessórios? Se você pensou em dizer “não”, talvez queira reconsiderar sua resposta. Quer ver? Você já usou alguma lingerie mais sexy? Um perfume mais marcante? Já colocou para tocar um CD mais romântico? Já […]

  • Postado por cepcos

    O sexo, há algumas décadas, era algo ligado estritamente ao fórum íntimo/privado. Qualquer expressão pública era reprimida, o pudor era elevado. Hoje vemos uma realidade completamente diferente neste âmbito. As expressões de sexualidade estão banalizadas. Encontramos beijos ardentes, amassos e até mesmo demonstrações mais explícitas de sexualidade, nas ruas, escolas, nas casas e principalmente nas […]

  • Postado por cepcos

    O preservativo feminino ainda é pouco difundido aqui no Brasil, apesar de não ser tão recente assim, pois ele foi introduzido no mercado Brasileiro em dezembro de 1997. Os motivos para que isso tenha acontecido foram vários, como: preço alto (se comparado à camisinha masculina); vergonha de comprá-lo; dificuldade no seu manuseio; e até mesmo […]

  • Postado por cepcos

    Data: 02/02/2013 WEID VON DER, Olívia. O adultério consentido. Revista Estudos Feministas. Florianópolis. v.18, n.3, p.789-810, set/dez 2010 (pode ser conseguido na internet – ao acessar no Google “Revista Estudos Feministas”). Expositora: Vânia Expositor(a) suplente: Ralmer Texto complementar OREJUELA, J.J.; PIEDRACHITA, J.J.; RENAZA, F. La práctica/estilo de vida swinger: una práctica social-sexual perversa?. Sexualidad, Salud […]

  • Postado por cepcos

    Em breve mais informações sobre datas e horários de eventos e cursos promovidos por membros do CEPCoS.

  • Postado por cepcos

    Bem recentemente, um grupo de “cientistas” afirmou ter alcançado pleno êxito no tratamento e “cura” de homossexuais, conseguindo fazer com que estes apresentassem um comportamento heterossexual apenas com um trabalho de diálogo terapêutico. Novamente o alvoroço foi geral dentro dos círculos científicos e dos grupos de saúde, até que, poucos dias depois do anúncio, o […]

  • Postado por cepcos

    A sexualidade feminina possui algumas particularidades, já que homens e mulheres não são iguais, e portanto não exercem a sexualidade da mesma forma. A mulher, principalmente por questões culturais, tem menor conhecimento da sua sexualidade que o homem. O garoto é incentivado desde pequeno a expressá-la, a conhecer seu órgão genital e a se masturbar. […]

  • Postado por cepcos

    Nem sempre a mulher consegue se sentir feliz e realizada sexualmente. Muitas vezes, por causa de alguma dificuldade, a prática sexual passa a ser pouco prazerosa, incômoda ou até aversiva. A sexualidade, que deveria ser fonte de prazer, passa então a ser um grande problema. Não ter orgasmo, ter dor na relação ou não ter […]

  • Postado por cepcos

    As chamadas “disfunções sexuais” são dificuldades que atrapalham ou até impossibilitam o homem de viver sua sexualidade da forma como gostaria. Essas disfunções podem ter causas orgânicas ou psicológicas. Mesmo quando a causa é orgânica, é comum surgir algum comprometimento emocional, como tristeza, desânimo, ansiedade, falta de autoconfiança, medo, entre outros. As disfunções de causas […]

  • Postado por cepcos

    O termo “Disfunção Erétil” surgiu em substituição do termo “Impotência Sexual”, e pode ser definido como a incapacidade persistente de obter e/ou manter uma ereção suficiente para uma função sexual satisfatória (II Consenso Brasileiro de Disfunção Erétil, 2002). A preocupação com a ereção peniana sempre existiu na história da humanidade. Antigamente a razão para a […]

  • Postado por cepcos

    A pesquisa estuda as dificuldades para a implementação de programas de educação sexual para adolescentes deficientes mentais, com base na visto dos responsáveis pela orientação pedagógica da escola e através das representações que os vários grupos de profissionais que atuam na instituição e pais de alunos fazem desta orientação, e de questões relativas a sexualidade […]

  • Postado por cepcos

    Alguns termos utilizados pela ciência ganharam popularidade. É o caso de “libido”, que tem sua origem no latim e significa “vontade”. Tal termo se popularizou principalmente pela associação feita com a sexualidade. Quando utilizamos o termo “libido”, estamos diretamente falando de desejo sexual. A partir da segunda metade do século XX, a diminuição, ou ausência […]

  • Postado por cepcos

    Uma questão importante a ser refletida é a relação entre prazer feminino e o tamanho do pênis do parceiro. Se formos pensar apenas na estrutura biológica e anatômica da mulher, talvez pudéssemos afirmar que “tamanho não é documento”… A parte mais sensível da vagina da mulher é o 1º terço do canal vaginal; e além […]

  • Postado por cepcos

    O “Andar com fé eu vou… que a fé não costuma falhar”. Se este trecho da música de Gilberto Gil fosse um modo de vida de todos nós, pelo menos seríamos menos manipulados e menos inseguros. A maioria das pessoas que conhecemos dizem ter fé. Fé não no sentido religioso apenas, estamos falando no ato […]

  • Postado por cepcos

    A preocupação com a satisfação e o prazer sexual de homens e mulheres tem aumentado consideravelmente nos últimos anos. Em decorrência disso, tem aumentado a necessidade de se compreender melhor as dificuldades sexuais, suas causas e conseqüências. Sabemos que a sexualidade é parte integrante da personalidade total das pessoas. A sexualidade humana não se limita […]